segunda-feira, 30 de setembro de 2013

diálogo

I

Rapaz, bom lavar as louças do almoço.
Não vês que as baratas lambem as antenas?
Mentira, na minha casa nunca houve baratas.

Só francesinhas.

E francesinhas, por favor,
não são baratas - diria,
ninfetas de bolsinha.

II

De qualquer forma,
levanta-te da escrivaninha
e vai lavar as louças do almoço.

Não vês que os ratos espreitam a cozinha?
Que calúnia, na minha casa não existem ratos.

Só ratitas.

E ratitas, por favor,
não são ratos - diria,
psicóticos da outra rua.


Um comentário:

  1. Demais!!! Quanto mais improvável o diálogo, mais familiar...

    ResponderExcluir