domingo, 29 de janeiro de 2012

levitação

Minha alma só deixa meu corpo
por um motivo: coçar minhas costas.

Espreme três cravos,
dá dois beijinhos.

Em seguida retorna pra casa
onde vive sossegada
feliz com o coração
entre as costelas.

5 comentários:

  1. Adoro esse bom humor, essa leveza que a sua poesia tem mesmo quando fala do que pode pesar toneladas :)
    Beijoss

    ResponderExcluir
  2. das outras vezes que ela sai, você não sabe?

    abraço
    LauraAlberto

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Fiquei muito feliz em conhecer o seu blog.
    Gosto muito de ler textos e poemas, isso faz com que eu cresça cada dia mais.
    A vida se torna interessante, à medida que encontramos pessoas como você.
    Grande abraço
    Se cuida

    ResponderExcluir
  4. Catártico, como sempre.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  5. a sua poesia trouxe um leve sorriso aos meus lábios.
    bjs tenhas um belo final de semana.

    ResponderExcluir